< Voltar para notícias

Má conservação de estradas prejudica produtor da região de Redenção/PA

Redenção, 23/05/2016 – A má conservação das estradas na região de Redenção, no sudeste do Pará, prejudica a agropecuária local, aumentando custos e atrapalhando a qualidade da produção. O representante do Sindicato Rural da região, Leonir Rosseto, destacou as condições das rodovias BR-155 e BR-153, que são as principais rotas de escoamento da safra da região. As estradas têm problemas estruturais, com muitos buracos na pista e são má sinalizadas. “Isto eleva os custos dos produtores”, afirmou o produtor Eloí Schafer.

A falta de infraestrutura também compromete o transporte de animais. O gado, quando transportado por caminhões das fazendas aos frigoríficos para o abate, acabam sofrendo hematomas, com os solavancos dentro do veículo. Estes hematomas reduzem o volume de carcaça útil usado pelos frigoríficos. Segundo o diretor de Relações com Pecuaristas do JBS, Fábio Dias, os animais acabam perdendo porcentagem relativas por carcaça por causa de hematomas.

(Camila Turtelli*)

(*A repórter viaja a convite do Rally da Pecuária)